Dia do Orgasmo

A Opinião... Sincera, Nua e Crua da Sra. Orgasmo sobre TRAIÇÃO!

Acho que será vocês que irão me ajudar sim. Engravidei com 16 anos tivemos nossa filha e casamos com direito a tudo aos 17 anos nós dois (2 crianças).

Aprendemos tudo junto e hoje com 20 anos de casados, "felizes" mais descobri uma traição, através de um e-mail, estou arrasada, destruída, ficamos 40 dias distantes da cama, até eu pensar no que fazer. Decidimos recomeçar e eu perdoá-lo conversando sobre o assunto, tipo Porquê? porque? eu me achava perfeita (ótima mãe, dona de casa, e.) isto que eu ganho. Resumindo: ele alegou "cama", sexo"

E agora como decidi perdoa-lo e ele também pediu uma chance, quero muito melhorar na cama, apimentar e preciso de vocês sem ter que optar por uma traição porque nunca traí-lo mais com tudo isto, confesso que estou com vontade, mais para me testar, ou descontar, sei lá estou perdida e não confio mais, não acredito mais no amor.

Li o primeiro livro, mais percebi que era ou melhor sou muito básica e é difícil mudar isto agora depois de tanto tempo.

Acho que a questão central disso tudo é o fato de você ter engravidado e casado muito cedo. Ambos, sem absolutamente nenhuma experiência.

Como você mesmo disse, eram duas crianças. Mas sinta-se uma vitoriosa! Não é qualquer um que tolera e aguenta 20 anos ao lado de uma mesma pessoa. Portanto, apesar dos pesares, parabéns!

Quanto a questão de você ser básica na cama, isso pode mudar com certeza. Basta você querer e se esforçar e se permitir certas mudanças. Mas acredite, não será tão fácil. Não será do dia pra noite, que você vai se tornar uma puta na cama e uma expert em homens e sexo. Você deve estudar, ler, fazer até cursos sobre sensualidade. E com calma mudar seus hábitos sexuais. Comer “feijão com arroz” todos os dias, por 20 anos, com certeza é de enjoar, sem dúvida. Mas como estava dizendo, só cabe a você mudar, aprender e experimentar coisas novas, principalmente na cama.

Como vocês casaram-se muito cedo, até admiro ele de ter esperado tanto tempo para querer experimentar novos horizontes, nunca ter te proposto nada, nem pedido a separação. Os homens são extremamente carnais, e tem sim a necessidade.

O fato de ter sido traída. Amiga, eu sou completamente contra traição! E sinceramente, não acredito que essa será a última vez. Quem trai uma vez, me desculpe, mas vai fazer sempre. E aliás, essa foi a primeira que você descobriu, que se concretizou. Pois você mesma tinha a visão da sua relação ser “perfeita”.

Esse termo “perfeição” não existe amiga. Nem a minha relação é perfeita. Temos filhos, problemas, altos e baixos como todo mundo. Apenas temos o diferencial de conversarmos e chegarmos as conclusões juntos. E assim, estamos levando otimamente bem nossa vida, nosso amor e nossa cama.

Mas, não há falta de sexo ou qualquer outro motivo que justifique uma traição. Se ele estiver insatisfeito com “A” ou “B” a postura correta dele, seria conversar com você, se abrir e expor o que está faltando na relação na opinião dele. Traição amiga, não tem perdão.

Sabe porquê? Você nunca mais vai confiar nele como antes, nunca mais vai para cama com ele como antes, nunca mais vai se sentir a única na vida dele, isso se você não tiver vontade de trair ele também para se sentir vingada. E aí meu amor, isso vira um ciclo vicioso.

Acho que você deve sim tentar se soltar mais, se amar mais e se atualizar, afinal os tempos mudaram e não estão iguais a 20 anos atrás. Mas você deve fazer isso por você, por se amar e por querer se tornar uma nova mulher. O fato de você fazer o quadradinho de 8 de cabeça para baixo, não vai te dar absolutamente nenhuma garantia de que ele não vai fazer novamente.

Quem sou eu para criticar, julgar ou dizer o que você deve ou não fazer. Também não sei como é sua vida, sua relação financeira, filhos, família, mas eu no seu lugar, não perdoaria. Mandaria ele para longe da minha vida e me abriria novamente para um novo amor, alguém que mereça essas mudanças que você está disposta a acrescentar na sua vida.

Mas, cabe a você decidir o que fazer. Caso opte por ainda assim, depois de tudo continuar com essa relação, acho imprescindível uma conversa longa e sincera. Exponha suas verdades e deixe que ele exponha as dele. E assim, cheguem a uma conclusão.

Acho importante que ele saiba que você não precisa dele para ser feliz, e que se decidir por isso, é uma escolha sua, e não uma imposição de “dificuldades” seja financeira ou outra qualquer. Sempre que saírem juntos, se arrume! Fique linda e seja autoconfiante.

Submissa amor, somente na cama e se assim for da sua vontade. Você deve mostrar a esse homem, que você é mais você. E que se ele não te tratar como deve, pode perde-la. Isso é importante demais amiga! Um pouquinho de medo de perder é saudável a relação. Faz com que a gente tenha cuidado com o outro, zelo e carinho.

Bem, não termina por aí: quanto as dicas que você me pediu não vou passar para apimentar, mas para você dar passos importantes na sua vida, e dar uma turbinada na sua autoestima. Acredito que com tudo isso que aconteceu com você, sua autoestima, não deve estar lá tão elevada. Por isso, é hora de mudar.

Exercícios diários: Amanhã quando acordar, tome banho com o sabonete líquido mais cheiroso que você tiver.

Ligue o Foda-se, vá ao salão, ao shopping e banhe-se de coisas novas. Você merece! Compre ao menos uma roupa bem bonita que você olhe, goste e a alguns dias atrás você diria que não usaria. Compre e use! No salão mude! Faça um novo corte no cabelo, coloque uma cor forte nas unhas, e se tiver um tanto de coragem mude a cor do cabelo também.

Depois disso, se produza com a roupa nova, com o novo look e faça o exercício de olhar os homens que passarem por você. Olhe dentro dos olhos deles. O olhar enfurecido e provocante de uma mulher é simplesmente magnético e você com certeza atrairá muitas atenções.

Você voltará a ver que você é olhada e desejada por outros homens, e que o seu marido, não é a ultima “bolacha” do pacote. Vai fazer muito bem a você, saber que você é olhada e desejada, faz muito bem ao ego de uma mulher.

Experimente de primeira essas dicas, não só leia! Aplique!! E depois me diga como foi a experiência, eu espero seu e-mail ansiosamente.

Me despeço por aqui, espero ter ajudado sinceramente.

Beijos com Carinho Sra. Orgasmo

Clique aqui para receber "O Livro Proibido Do Sexo Para Casais" gratuitamente

Como Participar?

Qualquer pessoa que esteja na nossa lista de contatos pode participar do Divã do Prazer.

Nos reservamos o direito de escolher quais histórias vamos contar aqui.

Para aumentar as suas chances de ter o seu relato aqui, temos algumas dicas.

O mais importante é você caprichar bastante no seu texto.

Para podermos lhe ajudar, precisamos de detalhes. Vejamos o exemplo de uma informação com pouco detalhe: meu marido é bem mais velho do que eu.

Para deixar essa informação mais precisa, melhor dizer: eu tenho 20 anos e meu marido tem 35 anos.

Ou seja, procure nos descrever com capricho e detalhes, pois assim aumenta a nossa chance de conseguirmos te ajudar.

Então é isso, nosso email está logo aqui abaixo. Manda a sua história pra gente e capriche!