Dia do Orgasmo

Marcia e seu relacionamento aberto, mas só de um lado, o dele...

Estou num relacionamento a 7 meses com um cara bem mais velho que eu, ele é recém separado.

Sempre conversamos muito sobe sexo e tudo mais, ele não queria assumir nada sério, apesar de estar sempre comigo. Ele também deixava claro que eu era solteira, que não tinha nada que me prendia a ele e que poderia sair com outras pessoas.

Acabei por sair com uma mulher em uma viagem e na volta contei tudo para ele isso. A história com a mulher apimentou mais ainda nossa relação.

Depois de uns dias saí com um cara, pois sempre me dizia que era solteira e poderia fazer o que quisesse. Também contei tudo afinal não escondo nada dele, mas depois disso algumas coisas mudaram.

Não vejo nele o tesão e desejo que ele sentia por mim antes, começamos a discutir e ele me cobrar para não sair com amigos, e me disse que mais um deslize e me deixaria.

Não quero perdê-lo, mas ele também não quer compromisso. Ele visita minha casa e conhece meus pais. Mas para sua família ainda esta sozinho.

PS: estou adorando o blog e estou colocando as dicas em praticas !

Resposta do Casal Orgasmo:

Márcia, gostaria de estar no relacionamento sério com Paulo, mas, Paulo por sua vez, opta por um relacionamento aberto.

Recém divorciado, Paulo acredita que está muito cedo para assumir um compromisso mais firme com alguém. Livre das amarras do casamento, Paulo vê em Márcia a oportunidade de sexo bom, gostoso e sem as responsabilidades de relacionamento a dois. Ou seja, quando ele chega em casa, tem o "espaço" todo para ele, sem o aparato de uma família tradicional. Considera-se satisfeito porque tem liberdade e sexo.

Márcia, mais nova, vive uma vida de solteira. Sai com seus amigos e faz viagens sozinha. Em uma dessas aventuras, fez sexo com uma mulher o que gerou grande desejo em Paulo, apimentando mais ainda o sexo deles.

Numa outra ocasião, fez sexo com um homem, o que gerou ciúmes em Paulo.

Percebe-se uma contradição no discurso de Paulo.

Ele quer a comodidade de um relacionamento aberto, sem responsabilidades e aparatos de um casamento, e deseja que Márcia esteja em um relacionamento sério com ele.

Com exessão de quando for para colocar outra mulher na cama ... dele.

O fato de Paulo ir a casa dos pais de Márcia, lembra o hábito dos animais selvagens de urinar para marcar território. Ele quer reduzir as chances de Márcia arrumar outro e ocupar o seu cômodo espaço.

Pensamos que Márcia deve avaliar o que ela vê de positivo e de negativo nessa relação, se eles estão caminhado na mesma direção, ou em direção opostas.

Aconselhamos Márcia a não fazer o jogo de Paulo.

De não abandonar sua vida de solteira, por um relacionamento que não lhe traz a menor segurança.

Em nossa opinião Márcia deve conversar com Paulo, e jogar limpo. Colocar seus pontos e vê se vale mesmo a pena investir nessa relação.

Clique aqui para receber "O Livro Proibido Do Sexo Para Casais" gratuitamente

Como Participar?

Qualquer pessoa que esteja na nossa lista de contatos pode participar do Divã do Prazer.

Nos reservamos o direito de escolher quais histórias vamos contar aqui.

Para aumentar as suas chances de ter o seu relato aqui, temos algumas dicas.

O mais importante é você caprichar bastante no seu texto.

Para podermos lhe ajudar, precisamos de detalhes. Vejamos o exemplo de uma informação com pouco detalhe: meu marido é bem mais velho do que eu.

Para deixar essa informação mais precisa, melhor dizer: eu tenho 20 anos e meu marido tem 35 anos.

Ou seja, procure nos descrever com capricho e detalhes, pois assim aumenta a nossa chance de conseguirmos te ajudar.

Então é isso, nosso email está logo aqui abaixo. Manda a sua história pra gente e capriche!