Dia do Orgasmo

Brincando de Tons de Cinza... BDSM por Onde Começar?

São muitas as opiniões sobre a trilogia 50 tons de cinza, que tem feito sucesso no último ano. É fato que as cenas de sexo e BDSM que Anastasia Steele e Christian Grey protagonizaram mexeram e muito com o imaginário de milhões de pessoas, pelo mundo a fora.

Quem repudiava tais práticas, passou a repensar sobre o assunto e até fez surgir aquela fina e pequenina vontade de colocar algumas brincadeiras em prática.

Na internet hoje em dia, o que não falta é assunto sobre esse tema. Mas, esse é um assunto delicado, e é importante começar devagar e saber ao certo por onde começar.

Por isso, resolvi escrever sobre o assunto. Colocar você a par do que é, e te passar algumas dicas de por onde começar essas brincadeiras mais sérias.

O BDSM é uma “sigla” que quer dizer: "Bondage, Disciplina, Dominação, Submissão, Sadismo e Masoquismo" Para quem não sabe, a prática do BDSM é o tesão pela troca erótica de poder. Podendo ou não haver dor, dominação, tortura (física e/ou psicológica).

Ao contrário do que muita gente diz, os participantes de BDSM são muito responsáveis e cautelosos, por tanto o primeiro conceito apoiado por eles é o SSC (Sãs, Seguras e Consensuais). Ninguém pratica BDSM por obrigação. A não ser que você encontre por aí um louco ... Mas fora isso, as práticas desenvolvidas pelos praticantes de BDSM são sempre consensuais. Ambas as partes devem curtir tais práticas.

BDSM não é somente uma única coisa. É uma prática que envolve vários jogos eróticos. Então, é importante saber do que você vai “brincar” e quais são as regras do jogo.

A finalidade de tudo isso, é o prazer. Tanto dar como receber prazer, muitas vezes entre os praticantes do BDSM, não há penetração, pois o prazer deles concentra-se apenas nas práticas e nos jogos do BDSM.

É um passo bem interessante para sair do convencional e apimentar e muito a relação. A parte inicial e fundamental, é que a maior parte dos jogos tem um Dominador e um submisso. O dominador dita as regras e o submisso as acata. Por tanto, escolher de primeira que terá cada função é um bom jeito de começar.

O BDSM também tem fases. Onde a cada faze o jogo vai ficando mais sério e pesado. Por isso, nesse post estou mostrando como começar do começo.

Depois de escolher o jogo erótico da vez, e denominar qual papel vocês terão. Em seguida vem a escolha Safeword, ou palavra de segurança. Pois bem, como disse anteriormente, os praticantes do BDSM prezam o conceito SSC (Sãs, Seguras e Consensuais). Por isso, entrando no mundo do BDSM, escolher a palavra de segurança é fundamental.

Cada um tem seu limite, e dentro do conceito SSC os limites do outro jamais devem ser ultrapassados. A palavra de segurança serve para sessar a prática do momento, indicar que está passando do limite e é hora de pegar mais leve ou até de parar mesmo. É importante demais a palavra de segurança pois alguns dos jogos do BDSM são realmente pesados, e não sabendo brincar e o momento de parar, podem tornar-se perigosos.

A palavra de segurança deve ser a escolha de vocês. Pode ser algo carinhoso e simples como : “para amor” ou algo mais elaborado e pensado com carinho. Sugiro uma palavra forte e quente. Algo que remeta tais brincadeiras, pode ser a cor de algum objeto, o nome de um lugar ou algo que vocês gostem muito, como um doce ou uma pimenta. Escolher a palavra juntinho também pode ser bastante excitante ao casal.

Eleito o jogo, os papeis de cada um e bem definida a palavra de segurança é hora da prática. Mas ainda assim, por onde começar?

Um bom começo de iniciarem-se no BDSM é o uso das algemas. Quem tem o papel de submisso deve ser algemado. Pode-se usar as algemas nos pés ou nas mãos, ou nos dois.

O dominador explora seu corpo da melhor forma possível. Podendo fazer uso da língua, lambendo o corpo do submisso de forma torturante e enlouquecedora. Também pode fazer uso de penas, causando arrepios extraordinários no corpo do submisso. Sexo oral de forma lenta, deliciosa e torturante também é uma ótima forma do dominador mostrar quem manda.

As vendas... também estão inseridas na primeira fase do BDSM e proporcionam também momentos de luxúria e prazer. Os homens são muito visuais, e o fato de terem sua visão privada, vai lhe proporcionar momentos incríveis de êxtase e curiosidade. Torturando mais ainda, pode fazer uso das algemas e junto com a venda. Os outros sentidos ficarão muito mais aguçados, por conta da privação da visão, farão o submisso ter momentos alucinantes de prazer. Ambos ficarão loucos!

As velas: Na minha opinião já dá para partir para uma segunda fase. Começando a mostrar o outro lado do BSDM causando um pouquinho de dor.

Em sex shop você encontra umas velas, que ao serem derretidas se transformam em gel aromático. São quentes, mas suportáveis na pele. Não causam hematomas nem queimaduras, pois são específicas para massagem corporal. Se no seu caso você já quiser partir para uma dor mais forte. Pode optar por usar a cera da vela comum essa que usamos quando acaba a luz em casa. A dor será mais forte, mas acredito que não vão causar queimaduras. Cabe a você testar...

Palmadas e palmatórias: Dói, um tapinha pode sim doer muito! Por isso honre a palavra de segurança sempre que estiver passando do seu limite. Christian, gosta de bater de verdade, com palmatórias, chicotes e chibatas... Acho extremamente excitante, acredito que você também ache. Mas sempre tome todos os cuidados, só pratique o BDSM com alguém de sua extrema confiança.

O dominador sempre tem o poder, por tanto ele quem terá o poder de bater no submisso. Podem sempre fazer uso de várias brincadeiras juntas, como as vendas e algemas... Nesse caso o submisso deve ficar de bruços ou mostrando a parte que será “torturada”.

Também podem usar os chicotes apenas de forma erótica, para mostrar quem está “mandando” mas sem bater no submisso. Apenas para agarrar o pescoço puxando-o para perto do seu corpo. Dar-lhe uma visão enlouquecedora dos seus seios também é sempre válido.

Os objetos como palmatórias e chibatas você encontra em sex shop. Para os mais avançados na prática, podem encontrar centenas de objetos em lojas especializadas. Pela internet você terá 1001 possibilidades.

Lingerie: Não faltam no armário de Anastásia... As lingeries são sempre um acessório muito válido e qualquer que seja a prática. Falou sem sexo diferente, logo vem na nossa mente centenas de modelos e cores. Para a prática do BDSM temos umas lingeries extremamente sensuais, algumas de couro, outras de látex. Variedade na linha Sado, não faltam!

O plug anal: Anastacia, suportou e foi bastante receptiva ao plug anal em uma de suas noites de amor com Christian. O plug anal é muito válido para inserir nas práticas do BDSM, inclusive para as mulheres que se apavoram quando falamos de sexo anal, o plug, pode ser um ótimo caminho para começar. Além de estar misturado ao tesão da prática do BDSM. Sugiro para brincadeira com o plug, que o dominador, utilize as algemas. Amarrando o submisso na cama de bruços, deixando confortável. Torture com um sexo oral, bem caprichado, a deixando muito relaxada. Depois comece a inserir devagar o plug anal, quando já estiver familiarizada com o objeto, capriche em uma deliciosa dupla penetração. Estocando a b... da submissa com seu p... e sentindo o plug no c... e deixando-a enlouquecida com o prazer em dobro.

Bem... essas são algumas dicas para você iniciar na prática do BDSM com louvor.

Espero que lhe seja bastante útil e você use e abuse de tudo com o seu Christian Gray!

E se precisarem de ajuda, é só nos chamar para uma conversa particular... Estamos sempre aguardando vocês!

 

Conteúdo Adulto

 

Ó mulheres

Será que as mulheres são mais felizes porque podem ter diversos tipos de orgasmo ou os homens são mais felizes porque podem exibir mais explicitamente seu poder orgásmico?

Sexo Oral

Para o homem, sexo oral é mais importante? Confira essas dicas para o oral perfeito no homem...

Orgasmo Perfeito?

Siga esse passo a passo e tenha o orgasmo perfeito:

  1. Aqueça seu parceiro com carinho e frases picantes
  2. Vai tirando a roupa do parceiro bem devagar
  3. Chupe e seja chupado(a) até quase derreter
  4. Na hora de penetrar, vá devagar
  5. Se seu corpo pedir, perca a cabeça sem moderação
  6. Goze à vontade!