Dia do Orgasmo

Reunião Deliciosa

Ontem recebi no meu escritório, uma nova cliente que agendou a visita para discutir pormenores de um novo projeto. Quando ela bateu à porta do meu gabinete, eu estava tão submerso no meu trabalho, que disse para entrar sem olhar, mas à sua entrada os seus passos no soalho fizeram-me logo levantar os olhos na sua direção e o que eu vi, fez-me estremecer, uma espécie de frio pela coluna vertebral acima.

Era uma mulher esbelta, bastante alta, caminhar sensual e um olhar malicioso, na casa dos 40 anos. Saltos altos muito elegantes, saia justa acima do joelho, casaco apertado azul marinho e uma blusa branca semi-transparente a deixar transparecer um apelativo peito. Morena, cabelos compridos e olhos verdes. Linda e sensual. Levantei-me para a cumprimentar e o aperto de mão provocou-me uma faísca pelo braço acima. Por momentos parece que o tempo parou e ficamos de mão apertadas a olhar nos olhos um do outro.

Convidei-a a sentar e o movimento dela a puxar a saia ligeiramente para cima, para facilitar o sentar, devido a ser tão justa e o seu cruzar de pernas, deixaram-me de imediato cheio de tesão.

Com a continuação de nossa reunião e numa altura que estávamos a analisar umas amostras, ela pôs-se de pé, veio para o meu lado para mais facilmente me explicar alguns pormenores e distraidamente ou no sentido de me provocar, a sua perna roçou a minha, dobrou-se sobre a secretária com o seu peito contra o meu braço, já que eu continuava sentado e ouvia a sua respiração junto ao meu ouvido, nesta altura já eu não conseguia prestar nenhuma atenção, ao assunto da reunião e só me apetecia deita-la sobre a secretária e comê-la ali mesmo.

Com este pensamento em mente e como achei que os seus gestos não eram inocentes, disse-lhe: - Maria, (assim se chamava a minha visitante) estás concentrada naquilo que me estás a mostrar, ou estás como eu, cheia de tesão?

Ela: - Achei que não tivesse reparado, o que estava fazendo com você...!

Dito isto, senta-se no meu colo, sentiu logo o quanto excitado eu estava, começo a beijar-lhe o pescoço, enquanto as minhas mãos lhe desapertavam o casaco, tirei-lhe a blusa pela cabeça e joguei-a para o chão, os meus lábios foram descendo pelo peito, enquanto lhe desapertava o sutiã, quando este caiu proporcionou-me a vista de uns seios deliciosos, com os bicos apetitosos, quase do tamanho dos meus polegares, a minha língua procurou-os de imediato, fui alternando umas lambidas, com umas chupadas e de vez em quando umas leves mordidas que a faziam gemer tão alto, que quase parecia que já estava gozando.

Enquanto isto a minha mão subiu-lhe pela perna acima e mais um arrepio quando termina a meia, no meio da coxa, umas daquelas meias com silicone para ajustar à perna. E sinto a sua pele sedosa, continuo a exploração e dou um jeitinho para o lado à calcinha e passo o dedo muito ao de leve pelos seus lábios que a faz estremecer, penetro-a um pouco com o dedo e sinto o quanto está molhada.

Com isto ela levanta-se, acaba de se despir com um pequeno strip para eu apreciar e depois desaperta-me a camisa, quase arrancando os botões, ajoelha-se a minha frente tira-me os sapatos e as meias, começa a desapertar as minhas calças com uns toques provocadores sobre as minhas calças, que me estava a deixar louco, meu p... latejando dentro da cueca, logo que está livre de roupa, ela agarra-o e engole-o todo até ao fundo, violentamente e deliciosamente, num vai vem constante, que a certa altura tive que lhe agarrar no cabelo para não finalizasse, dentro da sua boca, não que eu não gostasse, mas tinha que a fazer gozar primeiro.

Levanto-me, deito-a sobre a secretária com sua bunda virada para mim e começo a brincar com a meu p... na entrada de sua b... molhada, ela retorcia-se e tentava força-lo a entrar, eu resistia, até ao ponto de ela soltar quase aos gritos: Aii, me fode caralho! Me fode!!

Então eu penetrei-a de uma estocada só, seu bumbum batia contra meu corpo com toda a força, enquanto o meu caralho a possuía numa cadência acelerada, eu alternava umas apalpadas nos peitos, com umas palmadas na sua bunda, que a faziam dar uns gritinhos, misto de dor e prazer.

Já depois dela já ter gozado no meu p... e como eu não aguentava muito mais tempo naquele ritmo, começo com o dedo a explorar a receptividade do apertadinho olho do c..., primeiro com o indicador, depois como senti que tinha gostado, meti o polegar, em movimentos concertados com o vai vem do meu caralho na sua bu... Entretanto tiro-o fora e aponto ao c....

Ela me diz: - Cuidado, que eu sou virgem ai!

Respondo eu: Não se preocupa que eu sou carinhoso!

Começo a forçar a entrada naquele c... maravilhoso, ela gemia, - quer que pare?

Ela: - Não, não pare, come-me o c..., fode-me o c... todo.

Então depois da cabecinha desaparecer, eu enfio-o todo, com suavidade, mas com uma certa pressão. Logo que começo o vai vem bem dentro dela, ela pede-me: Me fode, me fode como uma puta!

- Toma nesse c..., sua puta, quer que me esporre todo dentro do teu c...?

Ela: - Sim, sim, sou a tua puta, goza dentro do meu c...!

Pouco tempo depois gozamos juntos novamente, num orgasmo louco, que me deixou com as pernas tremendo. Fomos tomar banho e combinamos continuar a reunião um outro dia, pois naquele já não havia condições. Acho que no nosso íntimo, a ideia será repetir a experiência.

E ai meus Ninfomaníacos, o que acharam desse conto?? Agradeço ao meu Lindo leitor Importado!! Adorei!

Colabore você também, escreva seu conto, artigo ou texto e nos envie. casalorgasmo(arroba)diadoorgasmo.com.br

Clique aqui para receber "O Livro Proibido Do Sexo Para Casais" gratuitamente

 

Conteúdo Adulto

 

Ó mulheres

Será que as mulheres são mais felizes porque podem ter diversos tipos de orgasmo ou os homens são mais felizes porque podem exibir mais explicitamente seu poder orgásmico?

Sexo Oral

Para o homem, sexo oral é mais importante? Confira essas dicas para o oral perfeito no homem...

Orgasmo Perfeito?

Siga esse passo a passo e tenha o orgasmo perfeito:

  1. Aqueça seu parceiro com carinho e frases picantes
  2. Vai tirando a roupa do parceiro bem devagar
  3. Chupe e seja chupado(a) até quase derreter
  4. Na hora de penetrar, vá devagar
  5. Se seu corpo pedir, perca a cabeça sem moderação
  6. Goze à vontade!